<%@LANGUAGE="VBSCRIPT" CODEPAGE="1252"%> CISCSA
 
   
 
 


DATOS INSTITUCIONALES:

Nombre de la institución: Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM
Área Desenvolvimento: Econômico e Social
Núcleo de Estudos: Mulher e Políticas Públicas
Dirección: Largo do IBAM, 01 - Humaitá
22271-070 Rio de Janeiro / RJ
Telefono: +55 (21) 2537-7595 ramal 222
Fax: +55 (21) 2527-6974
Correo electrónico: delaine@ibam.org.br; aline@ibam.org.br
Página web: http://www.ibam.org.br

Representantes:

Mara D. Biasi Ferrari Pinto (Superintendente Geral)
Angela M. Mesquita Fontes (Superintendente da Área de Desenvolvimento Econômico e Social)
Delaine Martins Costa (Coordenadora Núcleo de Estudos Mulher e Políticas Públicas)
Fecha y lugar de creación de la institución: 1952, Rio de Janeiro.

OBJETIVOS INSTITUCIONALES:
A missão do IBAM é promover, com base na ética e na independência partidária, o município como esfera autônoma de governo e fortalecer usa capacidade de formular políticas, prestar serviços e fomentar o desenvolvimento local, objetivando uma sociedade democrática e a valorização da cidadania.
O Núcleo de Estudos Mulher e Políticas Públicas, criado em 1990, trata da incorporação da perspectiva de gênero às políticas, programas e projetos governamentais. Dedica-se à discussão do planejamento levado a efeito pelas instâncias de governo, trabalhando, portanto, com os diversos agentes envolvidos no processo de formulação, implementação e avaliação de políticas públicas: representantes de órgãos da administração pública, de ONGs, de movimentos sociais e lideranças político-partidárias.

AREAS TEMÁTICAS FUNDAMENTALES EN LAS QUE TRABAJA:
Administração Municipal com ênfase nas áreas de Desenvolvimento Econômico e Social; Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente; Consultoria Jurídica; Organização e Gestão; Administração Financeira e Tributária; Recursos Humanos; Geoprocessamento; Proteção à criança e ao adolescente; Promoção dos Direitos Humanos e Cidadania; Mulher e Políticas Públicas; dentre outros.
O Núcleo de Estudos Mulher e Políticas Públicas conta com as seguintes áreas de trabalho: 1) planejamento com perspectiva de gênero; 2) gênero e poder; 3) gênero e desenvolvimento institucional.

ACTIVIDADES:

a) Capacitación: O IBAM possui a Escola Nocional de Serviços Urbanos (ENSUR) a qual possui cursos de capacitação durante todo o ano.
    No caso do Núcleo de Estudos Mulher e Políticas Públicas destacam-se:
  • Curso Gênero e Planejamento: Desafios e Perspectivas, com carga de 28 h/a, promovido pela Escola Nacional de Serviços Urbanos - ENSUR. O objetivo do curso foi difundir a metodologia da incorporação da perspectiva de gênero ao planejamento, permitindo um reconhecimento crítico das áreas de atuação prioritárias para a redução das desigualdades entre homens e mulheres. Contou com a participação de técnicos governamentais e profissionais envolvidas com as questões de planejamento municipal. (Rio de Janeiro, 25 a 28 de junho de 2001)
  • Seminário Nacional Violência contra Mulher e as Ações Municipais das Mercocidades Brasileiras, organizado pelo IBAM e o ISER, como parte integrante do Programa de Assessoria aos Governos Locais em Políticas de Prevenção e Combate à Violência contra à Mulher (UNIFEM, Rio de Janeiro, 7 e 8 de junho de 2001)
  • Encontro Nacional Mulher e Poder Local, realizado no Rio de Janeiro e organizado pelo IBAM, Red Mujer y Habitat (Women and Shelter Network), com o apoio do UNIFEM. Fizeram parte da comissão organizadora o Instituto Brasileiro de Administração Municipal, o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher - CEDIM/RJ, a Federação dos Órgãos para Assistência Social - FASE, a Rede de Educação Popular entre Mulheres da América Latina e Caribe - REPEM e o Ser Mulher. O Encontro teve por objetivo desenvolver ferramentas e instrumentos que contribuam para a incorporação da perspectiva de gênero nos governos locais, assim como o fortalecimento de lideranças e da participação das mulheres na tomada de decisões, objetivando uma melhor governabilidade na arena local. Contou com a participação de líderes de movimentos de mulheres, vereadoras, deputadas, técnicos governamentais, representantes de ONGs, dentre outros. (UNIFEM, Rio de Janeiro, 13 e 14 de Abril de 2000)
  • Seminário de Avaliação da Adoção da Perspectiva de Gênero em Projetos de Desenvolvimento, realizado em 29 de outubro de 1999, em Brasília, e promovido pelo PNUD/UNIFEM com o objetivo de avaliar o processo de aplicação dos conhecimentos adquiridos pelos participantes, nos seminários realizados para capacitação de agentes multiplicadores da perspectiva de gênero (PNUD/UNIFEM, Brasília, 1999).
  • Workshop Internacional "Mulheres no Século XXI: O Papel da Mentoria Intergeracional", realizado de 20 a 22 de outubro de1999, no IBAM, foi promovido pelo Programa de Liderança e Representação Feminina - PROLID, do Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID, e com apoio do Fundo das Nações Unidas para a Mulher- UNIFEM e Fundação Cultural Palmares, tendo como organizador do evento o IBAM. O workshop teve por objetivos promover a reflexão, a troca de experiências e a produção de informações que contribuíssem para a difusão e o aprimoramento da mentoria, visando a formação e a ampliação de líderes femininas nos países da América Latina e do Caribe. Contou com a participação de aproximadamente 50 (cinqüenta) representantes políticos, de movimentos sociais e de setores empresariais de diversos países da América Latina e Caribe. (BID/UNIFEM, Rio de Janeiro, 1999)
  • Curso "Planejamento Municipal com Perspectiva de Gênero" com carga de 30h/a, realizado de 09 a 13 de agosto de 1999 no IBAM e promovido pela Escola Nacional de Serviços Urbanos - ENSUR. O objetivo do curso foi difundir a metodologia da incorporação da perspectiva de gênero ao planejamento, permitindo um reconhecimento crítico das áreas de atuação prioritárias para a redução das desigualdades entre homens e mulheres. Contou com a participação de técnicos governamentais e profissionais envolvidas com as questões de planejamento municipal. (Rio de Janeiro, 1999)
  • Seminários para Prefeitas e Vereadoras eleitas - "A Participação Igualitária da Mulher nas Instâncias Decisórias nos Municípios Brasileiros". Estes seminários representam a continuidade das ações iniciadas com o "Treinamento Descentralizado para Candidatas", realizado em 1996. Os seminários tiveram como objetivo a ampliação da participação feminina em situação e posição de poder e de liderança, possibilitando o aumento das chances de inserção da perspectiva de gênero às políticas públicas municipais. Foram realizados cinco seminários regionais, no período de abril a maio de 1998, nas seguintes cidades: Belém/PA (em parceria com o Grupo de estudos "Eneida de Morais" sobre Mulher e Relações de Gênero - UFPA); Belo Horizonte/MG (em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Belo Horizonte); Campo Grande/MS (em parceria com o Instituto de Apoio, Acompanhamento, Pesquisa e Estudos da Mulher - IAAPEM); Florianópolis/SC (em parceria com a Associação Casa da Mulher Catarina); e Recife/PE (em parceria
  • com a Coordenadoria de Estudos da Mulher da Fundação Joaquim Nabuco). Os seminários contaram com o patrocínio do Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID. (BID, 1998)
  • Seminários para Agentes Multiplicadores(as) "Identificando e Reformulando Perspectivas de Gênero nos Projetos de Desenvolvimento". Os seminários tiveram por objetivo sensibilizar e fornecer instrumentos para que Diretores de Projeto desenvolvam uma visão crítica, segundo a perspectiva de gênero, sobre os projetos sob sua responsabilidade, com ênfase no gerenciamento de projeto e uso de indicadores de resultado. Foram realizados dois seminários, um nos dias 14 e 15 de abril e outro em 12 e 13 de maio. Patrocinado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD, contou também com o apoio do UNIFEM. (PNUD/UNIFEM, Brasília, 1998)
  • Seminário para Candidatas à Deputada Estadual, Assessores(as) e Coordenadores(as) de Campanha "A Mulher e a Eleição". Este seminário teve como objetivo principal oferecer às candidatas informações (técnicas, jurídicas e administrativas) que subsidiassem a ação política e o discurso de campanha, de modo a ampliar suas condições de disputa eleitoral, além de estimular discussões sobre a importância da participação política das mulheres. Realizado nos dias 28 e 29 de julho de 1998, contou com o patrocínio da. Fundação Konrad Adenauer.
  • Seminário Internacional "As Mulheres no Mundo do Trabalho: Experiências Internacionais de Ação Afirmativa". Objetivos: ampliar o universo de informações a respeito do que são as ações afirmativas e como estas têm sido debatidas e implementadas nos EUA e países Europeus; conhecer experiências de ações afirmativas que revelem as possibilidades, limites e desafios colocado a essa política de intervenção sobre o mundo do trabalho; e capacitar pessoas vinculadas a instituições públicas, meio empresarial e entidades sindicais para que possam contribuir na divulgação das ações afirmativas e na formulação de propostas no mundo do trabalho. Fundação Friedrich Ebert/ILDES/SERE, com apoio IBAM, CEDIM e Secretaria Especial dos Trabalho da Prefeitura do Rio de Janeiro. IBAM, Rio de Janeiro (1997).
  • Seminário "As Mulheres no Mundo do Trabalho: Caminhos para a Igualdade". Este seminário teve por objetivo apresentar experiências, estimulando a reflexão e o debate sobre possibilidades reais de construção da igualdade entre os sexos no mundo do trabalho. Realizado pelo IBAM, em parceria com UFRJ/AMORJ e o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher - CEDIM, e com o patrocínio da Fundação Friedrich Ebert/ILDES/SERE e Elizabeth Lobo Assessoria Trabalho e Política - ELAS, (Rio de Janeiro, 1997).
  • Projeto Treinamento Descentralizado para Candidatas - "A Participação Igualitária da Mulher nas Instâncias Decisórias nos Municípios Brasileiros". O projeto teve como objetivo principal oferecer às candidatas informações que subsidiassem a ação política e o discurso de campanha, de modo a ampliar suas condições na disputa eleitoral. Realizado no período de julho à novembro de 1996, com o patrocínio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD e apoio do Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher - UNIFEM.
  • Treinamento para Treinadores, realizado nos dias 8 e 9 de agosto de 1996, na sede do IBAM. Fazendo parte do projeto acima referido, visou difundir conteúdos técnicos a serem utilizados pelas treinadoras nos seminários descentralizados.
  • Treinamentos Descentralizados em 15 Estados (no período de 15 de agosto à 15 de setembro):
    • Acre / Rio Branco, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher;
    • Alagoas / Maceió, em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, Conselho Municipal da Condição Feminina e o Núcleo Temático Mulher e Cidadania da Universidade Federal de Alagoas;
    • Amapá / Macapá, em parceira com a Assessoria Especial da Reitoria da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP);
    • Amazonas / Manaus, em parceria com a Articulação de Mulheres do Amazonas;
    • Bahia / Salvador, em parceria com o Conselho Municipal da Mulher e o Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher (NEIM), da Universidade da Bahia;
    • Espírito Santo / Vitória, em parceria com o Conselho Estadual da Mulher;
    • Goiás / Goiânia, em parceria com a Assessoria Especial da Mulher e o Programa Interdisciplinar da Mulher, da Universidade Católica de Goiás;
    • Mato Grosso / Cuiabá, em parceria com o Núcleo de Estudos, Pesquisa e Organização da Mulher (NUEPOM), do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT);
    • Mato Grosso do Sul / Campo Grande, em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher;
    • Minas Gerais / Belo Horizonte, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre a Mulher (NEPEM) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a União de Vereadores (UVMIG);
    • Pará / Belém, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e o Grupo de Estudos e Pesquisa "Eneida de Morais" sobre a Mulher e Relações de Gênero (GEPEM) da Universidade Federal do Pará (UFPA);
    • Pernambuco / Recife, em parceria com a Coordenadoria de Estudos da Mulher da Fundação Joaquim Nabuco, o Fórum de Mulheres de Pernambuco, e o apoio: SOS Corpo, Casa da Mulher do Nordeste, Centro de Mulheres do Cabo, Sindicato das Empregadas Domésticas, "Justiça Seja Feita" e do Comitê Latino-americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos da Mulher;
    • Rio de Janeiro / Rio de Janeiro, em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDIM), Articulação de Mulheres do Estado do Rio de Janeiro (AMERJ) e o Centro da Mulher Brasileira (CMB);
    • Rio Grande do Sul / Porto Alegre, em parceria com a THEMIS - Assessoria Jurídica, Fórum de Mulheres de Porto Alegre, Núcleo Interdisciplinar de Estudos sobre a Mulher da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e a Assessoria Especial de Políticas Públicas para a Mulher, da Prefeitura Municipal de Porto Alegre (PMPA);
    • São Paulo / São Paulo, em parceria com o Conselho Estadual da Condição Feminina, o Núcleo de Estudos Mulher e Relações Sociais de Gênero (NEMGE) da Universidade de São Paulo (USP) e o Fórum Paulista Mulher e Poder.
  • Curso para Candidatas(os) "A Mulher nas Eleições Municipais de 1996". Com patrocínio do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher - CEDIM, do Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM, da Articulação de Mulheres do Estado do Rio de Janeiro (AMERJ) e do Centro da Mulher Brasileira (CMB), o curso objetivou discutir temas, tais como: o sistema de cotas nas políticas afirmativas, a participação da mulher na política brasileira, a questão de gênero na formação de políticas públicas e as políticas setoriais, marketing eleitoral e as competências municipais e políticas de gênero. (IBAM, Rio de Janeiro, 1996).
  • "O que foi? O que será? Oficina de Avaliação Final", com o objetivo de avaliar o projeto "Relações de Gênero e Desenvolvimento Institucional: dilemas e desafios enfrentados pelas ONGs na América Latina", buscou ainda, levantar propostas para a continuidade do processo de desenvolvimento institucional para cada uma das organizações envolvidas: Núcleo de Estudos Mulher e Políticas Públicas/IBAM, Rede Mulher de Educação e o Centro de La Mujer Peruana Flora Tristán. (Instituto de La Mujer, 1996).
  • Workshop "Gênero e ONG: Propostas para o Fortalecimento Institucional", realizado com o apoio do The British Council/RJ, o workshop teve por objetivos fornecer subsídios para o aprimoramento da gestão de ONGs de mulheres, visando discutir e fortalecer o desenvolvimento institucional. (The British Council, RJ, 1996).
  • Curso "Desenvolvimento de Habilidades Interpessoais de Gerência Segundo uma Perspectiva de Gênero", realizado para o Centro Flora Tristán. O curso teve como objetivo uma reflexão crítica sobre o relacionamento interpessoal em situação de trabalho, incorporando uma visão de gênero, permitindo orientar a ação e os processos gerenciais na direção da construção de um modelo que possa nortear o funcionamento da Rede mulher de Educação e do Centro Flora Tristán (Instituto de la Mujer)
  • Seminário Planejamento para o Gênero e Governo Local. O encontro tinha por objetivos discutir as diretrizes para a elaboração de programa de governo municipal, sob a perspectiva de gênero, e também, discutir a importância do Legislativo Municipal na construção de uma política de gênero. Organização da Secretaria de Mulheres do PT, ILDES e IBAM, contando com a colaboração do Coletivo de Gênero do Instituto Cajamar (Escola Sindical, Belo Horizonte, 1996).
  • Seminário Desenvolvimento Institucional e Planejamento Estratégico na Perspectiva de Gênero, realizado em Lima, Peru, para o Centro Flora Tristán e a Rede Mulher de Educação e do Centro Flora Tristán (Instituto de la Mujer, 1995).
  • Curso Desenvolvimento de Habilidades Interpessoais de Gerência Segundo uma Perspectiva de Gênero, realizado no Rio de Janeiro para a Rede Mulher de Educação e do Centro Flora Tristán (Instituto de la Mujer, 1995).
  • Curso de Planejamento de Políticas Municipais de Gênero, realizado em Quito, Equador com o apoio do Capítulo Latinoamericano da e da RHUDO/S.A., para a Associação de Municípios Equatorianos - AME (IULA/CELCADEL,1995).
  • Curso Intensivo sobre Gestão Pública e Perspectiva de Gênero, realizado no Rio de Janeiro com o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher - CEDIM (CEDIM, 1995).
  • Seminário Planejamento Estratégico e Desenvolvimento Organizacional na Perspectiva de Gênero, realizado em São Paulo para Rede Mulher e do Centro FloraTristán (Instituto de la Mujer, 1994).
  • Seminário Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher - PAISM: Uma Abordagem Qualitativa de Experiências Desenvolvidas no Âmbito das Secretarias Municipais de Saúde, realizado no Rio de Janeiro (Fundação MacArthur, 1994).
  • Seminário Mulher, Políticas Públicas e Governo Local, realizado em Recife (PE) em parceria com o SOSCORPO Gênero e Cidadania (Fundação Ford, 1993).
  • Encontro de Trabalho Mulher, Políticas Públicas e os Movimentos Sociais, realizado em Recife (PE) em parceria com o SOSCORPO Gênero e Cidadania (Fundação Ford, 1993).
  • Seminário Mulher, Políticas Públicas e Governo Local, realizado en Nova Iguaçu (RJ) em parceria com o Centro de Projetos da Mulher - CEMINA, a Rede de Defesa da Espécie Humana - REDEH e a Universidade Popular da Baixada - UPB (Fundação Ford, 1993).
  • Encontro de Trabalho Mulher, Políticas Públicas e os Movimentos Sociais, realizado em Nova Iguaçu (RJ), em parceria com o CEMINA, a REDEH e a UPB (Fundação Ford, 1993).
  • Seminário Técnico "Capacitação de Líderes das ONGs de Mulheres: Gestão segundo a Perspectiva de Gênero", realizado no Rio de Janeiro e desenvolvido no âmbito do Projeto "Relações de Gênero e Desenvolvimento Institucional: Dilemas e Desafios enfrentados pelas ONGs na América Latina" (Instituto de la Mujer, 1993).
  • Encontro de Trabalho Mulher e Políticas Públicas: O Papel dos Municípios (Fundação Ford, 1992).
  • Encontro de Trabalho Internacional Mulheres na Prefeitura: Sucessos e Dificuldades (Programa Mujer y Desarrollo Local desenvolvido pela IULA/CELCADEL com recursos da RHUDO-SA/AID, 1992).
  • Seminário Mulher, Políticas Públicas e Governo Local (Fundação Ford, 1992).
  • Encontro de Trabalho Mulher, Políticas Públicas e os Movimentos Sociais (Fundação Ford, 1992).
  • Encontro de Trabalho Mulher e Partidos Políticos (Fundação Ford, 1991).
  • Encontro de Trabalho Translating Gender Concerns into Planning Competence in Public Policies, Programmes and Projects, coordenado pela Professora Caren Levy, Diretora do Programa Gender Planning and Policy: Working with Women and Men for Development, do Development Planning Unit - DPU, do University College London - UCL, durante visita de assessoria técnica prestada ao Núcleo (Conselho Britânico, 1990).
b) Asesoramiento: Assessoria aos Municípios Associados ao IBAM (Prefeituras, Câmaras Municipais e demais Instituições Associadas).

c) Investigación: Estudos e Pesquisas nas áreas citadas acima, dentre outras.
    No caso do Núcleo de Estudos Mulhe e Políticas Públicas destacam-se:
  • A Condição Feminina nos Países do Mercosul: Sistema Integrado de Indicadores de Gênero nas áreas de Trabalho e Educação. O Sistema enforcará os países do Mercosul e tem por objetivo fornecer um quadro compreensivo e comparativo sobre a situação da mulher, nas áreas de trabalho e educação. (União Européia/UNIFEM, dezembro, 2000/200)
  • Pesquisa Estratificada sobre Ações Municipais de Prevenção e Combate à Violência contra Mulher, a qual se insere no Programa de Assessoria aos Governos Locais em Políticas de Prevenção e Combate à Violência contra à Mulher, que tem por objetivo contribuir para o fortalecimento dos 21 governos municipais brasileiros que integram a Rede de Mercocidades. Realizada pelo IBAM, por intermédio do Núcleo de Estudos Mulher e Políticas Públicas e do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania, em parceria com o ISER. (UNIFEM, dezembro, 2000/200)
  • A Condição Feminina na Sociedade Brasileira: Trabalho Educação. Criação e desenvolvimento de um Sistema Integrado de Indicadores, concebido sob o enfoque de gênero, que teve por objetivo fornecer um quadro compreensivo e comparativo sobre a situação da mulher no Brasil, nas áreas de trabalho e educação, bem como construir um Ìndice Cultural de Gênero - ICG (GTZ e UNIFEM, 2000)
  • Participação Feminina no Governo Local: Construindo a Democracia - Um Levantamento do Resultado das Eleições Municipais de 1992 e 1996. Pesquisa quantitativa sobre o acompanhamento da participação feminina nas eleições municipais, comparando os dois últimos períodos (1992 e 1996). Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM, Rio de Janeiro (1997).
  • Democratização dos Poderes Municipais e a Questões de Gênero. Estudo de alternativas organizacionais (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Sorocaba/SP e Coordenadoria Especial da Mulher de Londrina/PR), adotadas pelos municípios para tratar dos problemas decorrentes das desigualdades de gênero, (Fundação Ford, 1997).
  • Mulher e Políticas Públicas: A Importância do Treinamento. Monitoramento da repercussão do treinamento oferecido no âmbito do Programa Mulher e Políticas Públicas: o Papel dos Municípios sobre a prática profissional dos participantes (Fundação Ford, 1994).
  • Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher - PAISM: Uma Abordagem Qualitativa de Experiências Desenvolvidas no Âmbito das Secretarias Municipais de Saúde. Pesquisa que teve por objetivo verificar a situação do PAISM em 11 Municípios do Brasil, a fim de contribuir para a compreensão das possibilidades e dos entraves existentes à efetiva implantação do Programa (Fundação MacArthur, 1994).
  • Santos: Políticas Públicas de uma Mulher. Estudo de caso sobre a gestão do Município de Santos, São Paulo, durante o mandato da Prefeita Telma de Souza (1989-1992) (Programa Mujer y Desarrollo Local desenvolvido pelo Centro de Capacitação e Desenvolvimento dos Governos Locais do Capítulo Latino-americano da União Internacional dos Governos Locais - IULA/CELCADEL - com recursos do Escritório Regional de Habitação e Desenvolvimento Urbano para a América do Sul da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento - RHUDO-SA/AID,1992).
  • Brasil: Executivo Local no Feminino. Perfil das Prefeitas brasileiras, eleitas para a gestão de 1989 a 1992, e dos seus respectivos Municípios (Programa Mujer y Desarrollo Local desenvolvido pela IULA/CELCADEL/RHUDO-SA/AID, 1992).
  • Mulher e Políticas Públicas: o Papel dos Municípios. Pesquisa nacional que teve por objetivo identificar os programas implementados pelos Governos locais voltados para o atendimento das necessidades das mulheres. Os resultados desse levantamento forneceram subsídios para programas do IBAM nas áreas de assistência técnica, treinamento e publicações (Fundação Ford, 1991).
PUBLICACIONES: O IBAM possui publicação sobre diversos temas nas áreas anteriormente citadas.
    No caso do Núcleo de Estudos Mulher e Políticas Públicas destacam-se:
  • Artigo Notas ao planejamento para o gênero: revisitando projetos e experiências, de autoria de Delaine Martins Costa. In: Série Cadernos da Oficina Social, Construindo cidadania em comunidades de baixa renda: da idéia à ação, n. 6, Rio de Janeiro: Oficina Social, Centro de Tecnologia, Trabalho e Educação, 2001.
  • Notícias da Rede Mulher e Habitat. Informações diversas, sobre o tema, preparadas exclusivamente, desde setembro de 2000, para veiculação, a cada 15 dias, na página da Rede Mulher e Habitat, no portal do IBAM (http://www.ibam.org.br/remulher/remulher.html).
  • Paving the way for Women Leaders - Report on the International Workshop "Women leaders in the 21st Century: the role of Intergenerational Mentoring". Publicação com tiragem de 300 exemplares, em inglês e em espanhol, contendo os resultados do Workshop Internacional "Mulheres no Século XXI: O Papel da Mentoria Integeracional", realizado no IBAM, no período de 20 a 22 de outubro de 1999. (BID-PROLID/UNIFEM, out. 2000)
  • Terceira Série da "Agenda Mulher e Políticas Municipais", com tiragem de 13.000 exemplares, desenvolvida no âmbito do Projeto "A Condição Feminina nos Países do Mercosul - Sistema Integrado e Sistematizado de Estatísticas e de Indicadores Sociodemográficos sobre Trabalho e Educação", executado pelo IBAM, com apoio do UNIFEM- Fundo das Nações Unidas para a Mulher, e da GTZ - Agência de Cooperação Alemã para o Desenvolvimento. A Agenda é um boletim do projeto acima referido e tem por objetivo fornecer subsídios para que gestores e planejadores de políticas públicas municipais possam atuar em favor da redução da desigualdade entre homens e mulheres. É encaminhada para órgãos governamentais, órgãos não-governamentais, organismos do Sistema ONU, Prefeitas, Vereadoras, Deputadas entre outros. A Agenda também foi disponibilizaa em espanhol, na versão on line da homepage do IBAM. (Ano 3, n. 1, jul./out. 1999; n. 2, nov./abril 2000; n. 3, Ano 4, março/jun. 2000. )
  • Artigo "Desafio para Políticas Públicas" produzido por Delaine Martins Costa para a Revista de Administração Municipal - RAM/IBAM nº222. Novembro/Dezembro 1999.
  • Artigo "Transmissão de Saberes e Mentoria: uma estratégia para o fortalecimento da liderança feminina", escrito por Delaine Martins Costa e Maria da Graça Ribeiro das Neves (versões em português, espanhol e inglês, no prelo).
  • Introdução ao Planejamento para o Gênero: Um Guia Prático. Elaboração, publicação e distribuição de manual, visando orientar os municípios sobre como inserir a perspectiva de gênero nas suas políticas e ações. Com apoio da Fundação Ford, publicado na série Textos de Administração Municipal, nº 14, IBAM (1997).
  • Democratização dos Poderes Municipais e a Questões de Gênero. Estudo de alternativas organizacionais (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Sorocaba/SP e Coordenadoria Especial da Mulher de Londrina/PR), adotadas pelos municípios para tratar dos problemas decorrentes das desigualdades de gênero. Apoio Fundação Ford, publicado na série Experiências Inovadoras, no 7, IBAM (1997).
  • Ampliação da Participação Feminina no Governo Local: um Trabalho de Sísifo?. Texto de autoria de Delaine Martins Costa, publicado na série Papers da Fundação Konrad-Adenauer-Stiftung, nº 30, ano 1997, Rio de Janeiro (1997).
  • Participação Feminina no Governo Local: Construindo a Democracia - Um Levantamento do Resultado das Eleições Municipais de 1992 e 1996. Pesquisa quantitativa sobre o acompanhamento da participação feminina nas eleições municipais, comparando os dois últimos períodos (1992 e 1996). Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM / Núcleo de Estudos Mulher e Políticas Públicas, Rio de Janeiro (1997).
  • Gênero e ONGs: Propostas para o Fortalecimento Institucional. Esta publicação reúne textos sobre gênero, teoria organizacional e ONGs (formas de gestão e papel social), apresentados no workshop "Gênero e ONGs: Propostas para o Fortalecimento Institucional". The British Council, IBAM, Rio de Janeiro (1997).
  • Agenda Mulher e Políticas Públicas Municipais: Boletim Informativo do Núcleo de Estudos Mulher e Políticas Públicas, Ano II, no 1 (agosto,96), 2 (out/nov/dez,96). 3 (jan/fev,97), 4 (março/abril,97), 5 (maio/junho,97), 6 (julho/agosto,97) Apoio da União Européia.
  • "Desenvolvimento Local a partir de uma perpectiva de gênero". Paper de Moema de Rezende Vergara, produzido com o apoio do SERE/FES, visa traçar uma relação entre os temas gênero e desenvolvimento local, com o intuito de criar instrumentos para formar agentes de desenvolvimento local. Núcleo de Estudos Mulher e Políticas Públicas / IBAM, dezembro de 1996.
  • "Em Desenvolvimento, Novas Questões: Gênero e ONGs", artigo de Delaine Martins Costa e Gleisi Heisler Neves, publicado na Revista Pobreza Urbana e Desarrollo (Argentina), do programa FICONG, ano 5, no 11, abril de 1996.
  • "Feminism and Institutional Development: Women´s NGOs in Brazil and Peru". Texto de autoria de Delaine Martins Costa e Gleisi Heisler Neves, publicado na "Women´s Leadership in a Changing World", Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher - UNIFEM, Nova Iorque / EUA (1996).
  • Mulher e Saúde: Prática Educativa em 11 municípios, texto publicado com o apoio da Fundação MacArthur na Série Experiências Inovadoras no 6, IBAM, 1996. O texto apresenta os resultados da pesquisa MunicípiosPrograma de Assistência Integral à Saúde da Mulher - PAISM: Uma Abordagem Qualitativa de Experiências no Âmbito das Secretarias Municipais de Saúde.
  • Pesquisa "Brasil: Executivo Local no Feminino", publicada em espanhol, sob o título de "Resultados de la Investigación sobre la Mujer, el Poder Local y las Politicas Públicas en Brasil", na Serie: Antologías - Mujer y Gobierno Local, Centro de Servicios Municipales Heriberto Jara A.C., México: 1996.
  • Artigo Nem tanto ao mar, nem tanto a terra: uma perspectiva das ações municipais voltadas para a mulher, elaborado por Delaine Martins Costa e Maria da Graça Ribeiro das Neves e publicado na RAM no 215, abr/junho 1995.
  • Artigo Modernidade nas Administrações Municipais: uma análise das Experiências da I Mostra de Defesa da Mulher Contra a Violência, foi elaborado por Maria Tereza Augusti e publicado na RAM no 214, jan/março 1995.
  • Livro Gênero e Desenvolvimento Institucional em ONGs,(em português e espanhol) organizado pelo Núcleo de Estudos Mulher e Políticas Públicas e co-editado pelo IBAM e pelo Instituto de la Mujer. O livro reúne os principais trabalhos preparados para o projeto Capacitação de Líderes de ONGs de Mulheres: Gestão segundo a perspectiva de gênero (IBAM e Instituto de la Mujer, 1995).
  • Exposição Itinerante da 1ª Mostra de Experiências Municipais sobre Defesa da Mulher contra a violência, realizada em Diadema, São Paulo, (março) e em Volta Redonda, Rio de Janeiro ( 1995).
  • Notícias de Beijing/95 - O Que as Mulheres Conquistaram?, artigo de Angela Fontes e Glória Nogueira, publicado na RAM, no 217, out./dez 1995. Artigo elaborado com base na participação das autoras e nos resultados da IV Conferência Mundial sobre a Mulher.
  • Boletim bimestral Agenda Mulher e Políticas Municipais, Ano 1, no 1 (set/out), no 2 (nov/dez, 1993), no 3 (jan/fev), no 4 (mar/abril), no 5 (mai/jun, 1994) e no 6 (julho/agosto, 1994), editado pelo IBAM com o apoio da Fundação Ford.
  • Artigo Participação Popular, Mulher e Políticas Públicas, elaborado por Gleisi Heisler Neves e publicado na RAM, no 210, jan/março 1994.
  • Pesquisa Brasil: Executivo Local no Feminino, publicada em inglês sob o título Brazil: Women Decisionmakers in Local Government, no Cuaderno de Desarrollo Local, no 16, mayo 1994, IULA/CELCADEL.
  • Artigo Gestão Municipal e Perspectiva de Gênero, elaborado por Maria da Graça Ribeiro das Neves e Ângela Fontes e publicado, em espanhol, no Cuaderno de Desarrollo Local, no 10, nov., 1992, editado pela IULA/CELCADEL e, em português, na Revista de Administração Municipal - RAM, no 206, jan./março 1993, editada pelo IBAM.
  • Pesquisas Brasil: Executivo Local no Feminino e Santos: Políticas Públicas de uma Mulher, publicadas, em espanhol, sob o título de Brasil: Mujeres en el Poder Local: Proyectos e Contextos, no Cuaderno de Desarrolo Local, no 12, marzo 1993, IULA/CELCADEL.
  • Artigo Santos: Políticas Públicas de uma Mulher, elaborado por Ângela Fontes e Maria Tereza Vilela e publicado na RAM no 209, out/dez 1993.
  • Pesquisa Brasil: Executivo Local no Feminino publicada numa versão resumida em espanhol no livro El Espacio Possible. Santiago, Chile: Isis Internacional IULA/CELCADEL, 1993.
  • Conferência Eletrônica Mulher e Políticas Municipais, divulgada no Nodo Alternex da Rede da Associação para o Progresso das Comunicações - APC (1992).
  • Livro Mulher e Políticas Públicas, organizado pelo Núcleo e co-editado pelo IBAM e o UNICEF. O livro reuniu os principais trabalhos apresentados no Seminário para Prefeitas: Ação do Município na Promoção da Mulher, no curso Como Trabalhar com Mulheres e no seminário A Participação da Mulher no Saneamento e na Proteção Ambiental das Áreas Urbanas (IBAM e UNICEF, 1991).

ARRIBA

Actualiza esta página CISCSA - 9 de Julio 2482 - Tel./ Fax: +54 (351) 489 1313 - Córdoba - Argentina